quinta-feira, 22 de setembro de 2016

QUEM FOI LAMPIÃO?

Por José Mendes Pereira

A revista "Momento" da "ANABB - Associação Nacional dos funcionários do Banco do Brasil publicada no ano de 1997, Ano 3, Nº 16 - setembro e outubro 97, fez entrevista com o volante policial cabo Panta Godoy e o ex-cangaceiro Manoel Dantas Loyola no cangaço era alcunhado por Candeeiro, o que eles achavam velho guerreiro Virgolino Ferreira da Silva o Lampião. Vamos ver o que eles falaram:

PANTA DE GODOY

Revista Momento: Quem foi Lampião? 

José Panta de Godoy - Como falam, Lampião foi o rei do cangaço. Quando falavam no nome dele todos se assombravam. Ele impunha tudo pela força. O que ele queria, tinha de ser. Se o cabra não aceitasse dar o que ele pedia, poucos dias depois o Lampião chegava para matar. No sertão só se falava nele. Mas o cangaço tinha de acabar e só acabaria com a morte de Lampião. Ele virou bandido porque mataram o pai dele. Mas fez coisa pior do que a polícia fez com o pai dele. Acho que ele ultrapassou todos os limites.

MANOEL DANTAS LOYOLA

Manoel Dantas Loyola - O Lampião foi um grande homem na função dele. Passei mais de dois anos com ele e Lampião estava um home quieto. Queria ir para Minas Gerais, mudar de vida. Às vezes, dizia que as balas de Cangaceiro não matavam mais os macacos (policiais). Ele era um homem muito experiente e tinha uma palestra boa. Quando se aperreava era bravo, não dar para negar. O olho direito, meio cego, começava a soltar água. Era um chefe que lutava com os soldados. O que viesse para nós, ia para ele.

Fonte: 
A revista "Momento" da "ANABB - Associação Nacional dos funcionários do Banco do Brasil. 
Publicada no ano de: 1997 
Ano: 3
Nº.: 16
Referente aos meses: setembro e outubro/97

Esta Revista me foi presenteada pelo pesquisador do cangaço Francisco das Chagas do Nascimento (Chagas Nascimento funcionário aposentado do Banco do Brasil de Mossoró). 

http://blogdomendesemendes.blogspot.com
http://blogdodrlima.blogspot.com.br/

terça-feira, 23 de agosto de 2016

CASA DA CULTURA PROMOVE LANÇAMENTO DA REVISTA HISTÓRICA SOBRE A HISTÓRIA DE PAULO AFONSO - AUTORIA DE ANTONIO GALDINO... www.joaodesousalima.blogspot.com

Por João de Sousa Lima

Nesta terça feira, dia 30 de agosto de 2016, a CASA DA CULTURA promove o lançamento da Revista Histórica de Paulo Afonso, de autoria de Antonio Galdino. O lançamento será as 19 hrs. A
 revista custará R$ 10,00


APAREÇAM... DIVULGUEM...

João de Sousa Lima é escritor, pesquisador, autor de 09 livros. Membro da Academia de Letras de Paulo Afonso e da SBEC - Sociedade Brasileira de estudos do Cangaço.

Telefones para contato: 75-8807-4138 9101-2501 
E-mail: joaoarquivo44@bol.com.br joao.sousalima@bol.com.br

http://blogdomendesemendes.blogspot.com
http://blogdodrlima.blogspot.com.br/

FESTA DE ARROMBA


http://blogdodrlima.blogspot.com.br/

sexta-feira, 10 de junho de 2016

O COMITÊ DE BACIA DO ACARAÚ SE REUNE EM SOBRAL



Cruz. Quarta-feira, 08/06/2016, aconteceu a 41ª Reunião Ordinária do CBH-Acaraú, no Auditório do Parque de Exposição João Passo Dias, em Sobral, na CE – 362, com a presença dos representantes das Organizações da Sociedade Civil e do Poder Público.
Na pauta da reunião, os temas que estiveram em discussão foram: O 18º Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas que acontecerá em Salvador, Bahia, nos dias 03 a 08 de julho deste ano; Fórum Estadual dos Comitês de Bacia; Apresentação da situação hídrica dos reservatórios da Bacia do Acaraú, exposição feita por Patrícia da COGERH e definição dos parâmetros de operação dos reservatórios para o período 2016/17, que foram articulados por Patrícia e João Marcelo.
Nos informes foi divulgado o calendário das Festas Juninas em Sobral, com eventos na Sede e nos Distritos, de 09 à 27 de junho, nos dias 09; 14; 16; 21; 23 e 27. Todos sintam-se convidados a participarem.
Dia 14/06, haverá reunião na COGERH, em Sobral, sobre a revitalização do Rio Acaraú. A reunião é aberta ao público e todos os interessados podem participar levando a sua contribuição. Dia 08 de julho será a vez da reunião da Comissão de Operação do Açude Araras.

A situação hídrica do Estado do Ceará é bastante preocupante, pois, os reservatório estão com pouca água.
Segundo informações do Portal Hidrológico do Ceará, Boletim mais recente, os volumes armazenados por Bacia Hidrográficas em porcentagens: Bacia do Acaraú – 11,01; Bacia Litoral – 43,20; Bacia dos Sertões de Crateús – 4,10; Bacia do Coreaú – 45,60; Bacia da Serra da Ibiapaba – 21,10; Bacia do Curu – 2,90; Bacias Metropolitanas – 20,10; Bacia baixo Jaguaribe – 0,20; Bacia Médio Jaguaribe – 8,30; Bacia Alto Jaguaribe – 29,80; Bacia do Banabuiú – 3,10 e Bacia do Salgado – 15,50. O Ceará armazena 12,70 de toda a sua capacidade.

Foi anunciada uma capacitação com apoio do Banco Mundial para os membros do Comitê de Bacia nos dias 24 e 25 de agosto de 2016, em Sobral e também para os Comitês das Bacias do Salgado e Metropolitana, em data a serem definidas.
Os Senhores Manoel Vasconcelos Lopes, morador do Perímetro Irrigado Araras Norte, e o administrador do Perímetro Brum fizeram um relato da situação pela qual estão passando os ex-irrigantes, desde quando foi desativado o sistema de abastecimento de água para Irrigação do Araras Norte que ficaram sem água para consumo humano, pois está era a única fonte de água que eles tinham. As famílias que moram na área do Perímetro de Irrigação não plantam mais nada, acumulam grandes prejuízos e muitos estão abandonando os seus pertences para fixarem residência em local que tenha água.

Eles fizeram um apelo bastante comovem, para que fossem socorridas, imediatamente, aquelas famílias que sofrem com a falta de água para o sustento das famílias, algo em torno de 1.500 pessoas, e seus animais. Uma comissão foi constituída para fazer uma visita ao local, segunda-feira, 13 de Junho, Dia de Santo Antônio e dia em que o Bando do Coronel Lampião encontrava resistência quando tentava invadir a Cidade de Mossoró. Espera-se que, nesta data tão significativa para os nordestinos, seja encontrada uma solução que venha amenizar o sofrimento desta humilde gente que sofre com a seca que castiga o Nosso Ceará, a Terra da Luz.

A reunião começou com o coffee-break e terminou com o almoço. Nos despedimos: “Até a próxima reunião” e fomos embora desejando boa viagem a todos os participantes.

Dr. Lima
Radialista/CBH-Acaraú/FAC